Investigamos tudo sobre o cabelo estampado bem anos 2000 usado por Anitta

Shady Jordan conta como foi criar a estampa de zebrinha para a lace da cantora

Por Taya Nicaccio Atualizado em 3 ago 2022, 16h29 - Publicado em 3 ago 2022, 15h59

E as tendências dos anos 2000 atacam novamente com as laces estampadas! Apesar de estar super em alta agora, o uso dessas perucas personalizadas surgiu na década de 1990 e ficou ainda mais popular anos depois graças a artistas como Nick Minaj, Rihanna, Cardi B e Megan Thee Stallion.

Anitta entrou para o time de celebridades que está amando essa febre ao aparecer no Rock in Rio Lisboa com uma lace de estampa de zebrinha, desenvolvida pela hairstylist e wigmaker Shady Jordan, que conversou com a CAPRICHO sobre o processo criativo da peça. Ficou curiosa para conferir os detalhes dessa entrevista? Vem com a gente!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Shady Jordan (@shady_jordan)

Continua após a publicidade

Como funciona a criação de laces estampadas

“O desenvolvimento geralmente vem com a ideia do cliente, que muitas vezes parte da estampa do look ou proposta de onde será usado, seja um show ou um photoshoot. A partir daí, fazemos uma pesquisa de referências e cores que vão combinar entre si e destacar os desenhos da estampa”, explica Shady Jordan.

“A matéria-prima principal para fazer uma lace com estampa é uma peça de cabelo humano, pois, no método que eu faço, crio uma estampa permanente, feita com tintas para cabelo e não tonalizantes e spray.” De acordo com a profissional, essa técnica proporciona um caimento e movimento mais naturais aos fios, diferente de como ficaria com spray.

“As tintas permanentes não mancham o cabelo na região que deve ficar a cor natural, e os pincéis mais finos, de pintura artística mesmo, não são os mesmos usados para pintar cabelo, pois são traços e detalhes muito menores”, complementa a wigmaker, que modificou seus pincéis para facilitar o processo de fazer alguns desenhos, principalmente os mais arredondados.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Shady Jordan (@shady_jordan)

Continua após a publicidade

Existem diversas técnicas para fazer as estampas, mas tudo vai depender do visual desejado, seja um efeito esfumado, sharp, padrões de repetições ou freehand.

“O que mais uso é o freehand, que me dá mais liberdade de desenhar cada detalhe da estampa e onde quero que ela fique, mas é também o que traz um shape menos padronizado para os desenhos”, conta. Dá só uma olhada nessa estampa de oncinha, que a hairstylist desenvolveu para a supermodelo Izabel Goulart usar em editorial:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Shady Jordan (@shady_jordan)

Continua após a publicidade

Desenvolvimento, durabilidade e cuidados

De acordo com a profissional, o tempo de duração vai depender do comprimento, quantidade de cabelo e estampa. Ou seja, quanto mais detalhes complexos a peça exigir, mais tempo Shady levará para estampar uma lace. Para fazer uma padronagem em peruca, ela leva cerca de 4 horas.

A profissional também afirma que, para desenvolver esse trabalho, é necessário dedicar-se a um processo muito minucioso para que o tingimento não manche as áreas que não serão pintadas e, assim, garantir um resultado bem feito. “Como uso tinta permanente, o desbotamento é mais devagar, dependendo da cor. Quanto mais escura a estampa, mais tempo vai demorar para desbotar.”

Em relação aos cuidados, Shady conta que são normais quando se trata de uma peça de cabelo humano. “Levando em conta que, se mudar a repartição, a estampa vai deslocar e mudar o desenho completamente. Por isso, prefiro que sejam laces de repartição central fixa para manter o desenho mais bonito possível.”

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Shady Jordan (@shady_jordan)

Continua após a publicidade

Os segredos por trás da lace usada por Anitta

No final de junho não se falava em outra coisa a não ser a participação da nossa Girl From Rio, Anitta, no Rock in Rio Lisboa. Além da apresentação da cantora, uma peça usada por ela e personalizada por Shady Jordan se destacou. Estamos falando da lace que ela usou com animal print de zebra! Quem aí lembra? Não tem como esquecer!

“O Krisna [makeup artist e hairstylist que já trabalhou com nomes como Maisa Silva, Marina Ruy Barbosa e Sabrina Sato], que assinou a beleza e o cabelo da Anitta enquanto ela estava em turnê na Europa, veio com a ideia e referências já preparadas e discutimos alguns detalhes sobre os desenhos, tons e shapes que ela usaria e decidimos por três estampas mais horizontais e escuras. Três extensões com rosa claro, azul jeans e verde neon. Cores que proporcionassem bastante destaque no palco do show e tons coloridos, porém menos saturados, mais claros e que combinassem com os looks usados durantes os shows também”, explica Shady.

Fui pega de surpresa com o prazo de entrega e fiquei alguns dias até de madrugada finalizando as cores dos cabelos para chegar no tom ideal. Fiz três estampas diferentes, que não são exatamente de animal print, mas seguem desenhos geométricos, para que fosse enviado a tempo dela usar no show.” Uau!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Welbert Costa (@w.costadesign)

Continua após a publicidade

Silk top e sua praticidade

Você reparou que a cantora sempre traz apresentações muito bem coreografadas, às vezes com trocas de roupas e outras não, mas sempre na correria para subir no palco e entregar uma abertura pensada nos mínimos detalhes, como a do RIR Lisboa? Pois bem, para isso é necessário pensar até na praticidade do que ela vai vestir e não seria diferente com a sua lace estampada desenvolvida com silk top de silicone pelo ateliê Welbert Costa Design.

Ficou curiosa para saber o que é? “Silk top de silicone é um tipo de acabamento para perucas. Nesse caso, ele foi escolhido pela praticidade de colocar e tirar, pois é uma parte do topo da peruca, em que é implantado o cabelo num tule com uma camada de silicone embaixo, que traz menos perda dos fios e durabilidade. Já que a lace exige cola para uma acabamento mais natural, os modelos com silk top não precisam de cola na colocação“, o que pode otimizar o tempo que antecede a entrada no palco.

View this post on Instagram

A post shared by Ateliê de Perucas (@w.costadesign)

E aí, gostou de ficar por dentro dos detalhes da lace estampada de Anitta? O que você acha dessa tendência que remete à estética Y2K?

Continua após a publicidade

Publicidade