5 razões para você pensar duas vezes antes de querer pôr silicone

Será que a cirurgia é mesmo uma boa para você?

Pelo que você vê na internet, colocar silicone nos seios é um processo simples, né? Ok, as técnicas avançaram bastante nos últimos anos, mas será que o procedimento é uma boa indicação no seu caso? A seguir, a CH lista 5 razões para você pensar duas (três, quatro…) vezes antes de enfrentar a cirurgia.

silicone-pensar-duas-vezes

(Foto/Getty Images)

1. Seu corpo ainda não está 100% formado
Algumas garotas ganham seios rapidamente assim que atingem a puberdade. Outras, porém, levam mais tempo. E a verdade é que, independentemente disso, eles estão em constante desenvolvimento até os 18 anos. Caso você ache que os seus são pequenos demais, o melhor é esperar a formação completa para ter certeza. E se você colocar silicone e, depois, seu peito se desenvolver mais? O tamanho pode ficar bem maior do que você imaginava.

2. Cirurgia é coisa séria!
Ou seja, não dá para esquecer dos riscos. Entre eles, estão a inflamação dos pontos cirúrgicos e a abertura da cicatriz. Além disso, o corpo pode rejeitar a prótese (ter uma espécie de alergia). Outra questão importante é a recuperação, que leva cerca de um mês, com repouso maior e medicação nos primeiros dias.

3. O investimento é alto
A cirurgia plástica para implantes de silicone nos seios custa, em média, de R$ 5 mil a R$ 10 mil. Será que é o momento de pedir que seus pais desembolsem essa grana? Pense no que você pode fazer com o dinheiro: uma viagem, uma festa, um intercâmbio… Lembre-se também de que o barato pode sair caro. É superimportante que você procure um profissional que faça parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e que seja de confiança. O ideal é pedir indicações de médicos e hospitais a quem já fez.

(Gif/Reprodução)

4. Silicone precisa de manutenção
O procedimento não é definitivo, já que a prótese precisa ser trocada após um período entre 15 e 20 anos (alguns médicos recomendam que esse intervalo seja de 10 em 10 anos). Isso quer dizer que será necessário enfrentar a cirurgia novamente no futuro. Próteses mais modernas precisam de troca somente se apresentarem algum problema – de qualquer forma é necessário ir ao médico (a cada 10 anos mais ou menos) para fazer essa checagem.

5. Pense bem: não é só uma vontade do momento?
De repente você anda se comparando demais às suas amigas ou às famosas que curte. E daí que seus seios são pequenos? Não é isso que tira a beleza deles, né? Não espere que colocar silicone vá resolver todas as suas inseguranças. O mais importante é se aceitar e se amar como você é. Se libertar dos padrões pode fazer mais por sua autoestima do que qualquer cirurgia. 😉

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Alexa Morais

    no meu caso ja tenho 22 anos e emafreci muiitoo so tenho pele , e se eu usar blusinhas abertas acaba ficando feio , uma diferença de 16 kg e muito, e perdi muito meus seios .

    Curtir

  2. Adorei o post! Temos que pensar muito antes de decidir realizar uma cirurgia. Eu coloquei silicone com 17 anos na Master Health e amei o resultado, e hoje, 3 anos depois, não me arrependo
    nem um pouco!

    Curtir