Você

23
06/2011

Briguei com a minha melhor amiga!

Por Rafaela Polo às 17:42

Nem sempre é tudo só amor com a BFF! Olha só os casos que vocês contaram pra gente no Twitter!

Você tem aquela super BFF, não se separam nunca, mas, um dia, vocês brigam feio e resolvem que não vão mais olhar na cara uma da outra. E aí, como faz?

É claro que no começo você pode estar morrendo de raiva e pensando “não estou nem ai para ela”. Mas essa mágoa vai passar e, quando isso acontecer, você vai sentir falta de ter aquela amiga ao seu lado. Mas como retomar uma amizade que foi abalada?

Perguntamos no Twitter e separamos dicas incríveis para te ajudar a lidar com esse problema. Olha só!

>Brigamos por causa de uma fofoca
Fofoca rola em qualquer lugar, e pode até acabar com uma amizade! Se a sua amiga ficou brava por algum coisa que “disseram-que-você-disse-sobre-ela”, o jeito é explicar a história com muita paciência. Porque rola, sim, muita inveja por aí, mas nada que uma boa e sincera conversa não resolva.

@__Gaabs – 16 anos – São Paulo (SP)

“Começou um boato na escola de que eu estava dando em cima do namorado da minha amiga. Inventaram que nós estávamos fazendo várias coisas, quando na verdade só estávamos juntos porque ele estava me contando a surpresa que faria para ela no aniversário de namoro deles. Quando chegou aos ouvidos dela, como ela é muito nervosa, nem quis saber de conversa e partiu para a briga. Brigamos muito feio, a ponto de ela terminar com o namorado e ficar sem falar comigo por três meses. Passado esse tempo, ela voltou com o namorado e nós conversamos e esclarecemos as coisas. Porque BFF é BFF sempre!”

> Brigamos por ciúmes
Todo mundo sente ciúmes às vezes, e, quando se trata de amizade, esse sentimento pode envolver diversas situações: uma nova amiga, namorado, uma atividade diferente das quais vocês estão acostumadas... Converse com a sua amiga sobre o motivo que fez vocês brigarem e deixe bem claro que não quer se afastar dela – e que inclusive vai dar um jeito de controlar seu ciúme por isso!

@RafaelaOSS – 16 anos – Cunha (SP)
“Eu fui para uma festa com outros amigos, e sem a minha BFF, já que ela não gostava deles. Mas eu nunca pensei que ela se importaria com isso. Só que ela ficou muito triste, nós brigamos, e ela achava que eu não precisava mais da amizade dela. Eu tentei falar com ela várias vezes, mas ela não me atendia. Fiquei muito triste e chorei muito. Fui até a casa dela e vi que ela estava triste também. Falamos tudo que nos desagrava, desabafamos e com isso fomos esclarecendo as coisas.”

@Whoisbiks – 15 anos – São Paulo (SP)
“Conheci minha melhor amiga na internet. Nós já nos conhecemos pessoalmente e temos uma relação do tipo de quem convive junto todos os dias. Como ela mora longe, não tem como fazermos coisas de amigas juntas, como ir ao shopping e ver filmes... Por causa dessa distância, rola um ciúme, já que as amigas que ela tem na cidade dela podem fazer tudo isso. Eu sou muito ciumenta, rola aquele medo de perder a amiga, o que torna as coisas mais difíceis”.

@patricialabres – 18 anos – Curitiba (PR)
“Eu e minha BFF éramos muito próximas durante todo o ensino médio, fazíamos tudo juntas! Mas a escola acabou e fomos para faculdades diferentes. A distância esfriou um pouco a amizade, o que fez com que brigássemos. Mas, depois de um mês sem nos falar, não dava mais para aguentar ficar longe uma da outra. Por isso conversamos e resolvemos tudo. Eu entendi o lado dela e ela entendeu o meu. Com isso, somos amigas até hoje!”




> Brigamos por um cara
Será que esse garoto vale mesmo uma amizade? Sentem juntas e falem sobre isso. Vocês vão perceber que, por mais interessante que ele seja, não vale a pena se distanciar da sua amiga por causa disso. Se o garoto realmente for muito importante para você, explique isso para ela e cheguem a um acordo de como agir sobre o caso. E lembre-se: se não quer perder a amizade dela, nada de fazer coisas pelas costas!

@viviaraujolima – 13 anos – Belo Jardim (PE)
“Eu e minha melhor amiga conhecemos um garoto que morava perto da nossa cidade pela internet. Ele se apaixonou por ela e me contou. Eu contei para uma outra amiga, que contou a história para a minha BFF. Como eu não contei nada para a minha BFF, ela ficou com raiva de mim, e disse que eu não confiava nela e que a gente não poderia mais conversar. A briga só ficava pior, mas percebi que a única maneira de resolver as coisas era conversando, então contei tudo para ela. Depois que nos entendemos, nossa amizade não parecia mais a mesma, mas, com o tempo, tudo voltou ao normal.”

@caa_surita – 15 anos – São Paulo
“Certa vez, eu e minha BFF estávamos conversando sobre o Vida de Garoto. Eu era apaixonada pelo Dudu Surita, e sabia que ela também o adorava. Falei que ele era a minha vida e o que eu mais desejava era um abraço dele. Como a minha amiga já o conhecia, ela começou a falar que o abraço dele era a melhor coisa e que ele era a vida dela. Começamos a discutir e disse para ela nunca mais falar comigo. Me arrependi na mesma hora, mas não voltei atrás. Até que um dia não aguentava mais ficar sem a minha BFF, então mandei uma mensagem dizendo: ‘Te amo Best Friend’ e ela me respondeu: ‘Chocolates para rir das nossas bobagens?’. Comprei vários doces, passei na locadora e fui para a casa dela. Comemos todas as bobagens, rimos, e falamos do Dudu até o fim do dia. No fim das contas, decidimos que nós iríamos dividi-lo.”

> Brigamos por causa da nossa personalidade
Sua amiga quer que você seja de um jeito, mas você é de outro completamente diferente. Ela fica te criticando, colocando defeitos e nunca consegue aceitar seu jeito de ser? Explique que, se ela quiser continuar tendo a sua amizade, é melhor ela te aceitar você do jeito que você é. Ninguém deve mudar só para agradar alguém!

@giovanalouise – 15 anos – Natal (RN)

“Briguei com a minha melhor amiga porque ela falava que eu era muito quieta na hora da aula e que ela queria amigas mais ‘soltas’. Eu fiquei ofendida e brigamos, porque achava que ela gostava de mim de jeito que eu era. Ficamos uns dois meses sem nos falar, mas depois eu percebi que ela falou aquilo por impulso e não queria me magoar. Hoje somos superamigas!”


@MoniqueKeila
– 16 anos – Xaxim (SC)

“Nesse momento, tenho que considerar minha BFF como ex amiga. Nós começamos a brigar por causa de futebol. Ela torce para o Internacional e eu para o Grêmio, o que não dá certo. Nós discutimos por algo, que eu nem lembro direito o motivo, e ela até me  bloqueou no Twitter. Ela me disse para eu ficar com as minhas calças coloridas, vendo Twitcam de colírios, com um ar malvado. Fiquei brava e exclui ela de todas as minhas redes sociais. Isso já faz dois meses e ainda não fizemos as pazes.”

@PallomaRibeiro – 14 anos – Brasília (DF)
“Eu e minha BFF nem sempre pensamos igual. Há dias em que acordamos uma pilha de nervos e descontamos a nossa irritação uma na outra, e, às vezes, sai uns bate bocas. Mas mesmo brigando, como somos muito unidas, ficamos bravas por poucos segundos e sempre acabamos rindo da situação.”
Isso já aconteceu com você? Você resolveu tudo? Conta para a gente!


Isso já aconteceu com você? Você resolveu tudo? Conta para a gente!

 

Comente!

Leia também: