Witness World Wide: os momentos imperdíveis do live da Katy Perry

Em espécie de Big Brother cheio de emoção, Katy falou sobre depressão, ex-namorados e revelou que virá em breve ao Brasil com turnê! <3

Para divulgar o novo álbum Witness, lançado na sexta-feira (09/06), Katy Perry criou uma espécie de Big Brother: instalada em uma locação especial, a cantora entrou em uma transmissão ao vivo no Youtube na madrugada da data do lançamento do disco, finalizada apenas no fim desta segunda-feira (12/06). Com programação especial, o live, que recebeu o nome Witness World Wide, gerou vários momentos memoráveis que criaram ~rebuliço~ na web. Se você perdeu, nós mostramos os melhores deles para você aqui:

1. Katy diz que ama Taylor Swift e que a perdoa. WHAT?

Pois é, miga. Katy já havia falado para James Corden no Carpool Karaoke que estava esperando para que Taylor acabasse com a famigerada briga, uma vez que ela havia começado. No entanto, a intérprete de Bon Apétit mudou de ideia: “Já é hora. Há maiores problemas no mundo, sabe? Eu a amo e eu quero o melhor para ela. Eu acho que ela é uma compositora fantástica. Acho que se eu e ela pudermos ser representantes de mulheres fortes, apesar das nossas diferenças, o mundo inteiro ficará, tipo, ‘é, nós podemos fazer isso’. Não sei. Talvez eu não concorde com tudo que ela faz e ela não concorde com tudo que eu faço, mas eu verdadeiramente quero que a gente se junte em um lugar de amor, perdão e compreensão”, disse em entrevista à Arianna Huffington. Arrasou ❤

Antes da entrevista, Katy já havia falado que amava Taylor em um momento de conversa com os fãs. Nessa hora, ela também falou que amava artistas como Lana Del Rey e Lady Gaga – ela é tão little monster até pediu uma panqueca com a cara da intérprete de Bad Romance, gente. Estamos mortas!

2. Katy mudou a letra de Swish Swish

Tentando superar a com Taylor, Katy mudou final de letra de Swish Swish em apresentação. Em vez de cantar o verso “don’t you come for me”, ela disse: “God bless you on your journey, baby girl”. Alguém está mesmo atrás da paz, não é?

3. Katy revelou que já pensou em suicídio

Em conversa com psicólogo, a cantora falou que estava tentando mostrar mais da Katheryn Hudson ao mundo e afastar um pouco a “personagem” Katy Perry: “Às vezes, eu desenvolvo essa coisa da Katy Perry, que todos conhecem – e ela é a razão de muitas pessoas estarem assistindo (à live) – e é fantástico, porém é mais uma fachada do que uma realidade”, contou. Ao falar da infância como Katheryn, a artista falou que se sentia de certa forma limitada e, por isso, começou a cantar e trouxe a Katy à tona, como uma forma de libertação.

“Eu fui forte como a Katy Perry, mas às vezes não tão forte como a Katheryn Hudson. Mas… as pessoas, tipo, falam sobre o meu cabelo, certo? E eles não gostam, queriam que fosse mais longo. Mas eu quero tanto ser Katheryn Hudson que eu nem quero mais parecer com a Katy Perry, às vezes. E isso é um pouco do motivo pelo qual cortei meu cabelo. Eu realmente quero ser minha versão mais autêntica”, revelou. Viver nessa dinâmica, como ela diz, foi uma escolha: “Mas pessoas não precisam ser uma coisa só. Você pode crescer. Eu estou nos meus 30 e não sou a mesma pessoa que fui meses atrás. E eu acho isso lindo… Mas às vezes é difícil quando as pessoas querem que você seja uma cápsula do tempo do que você era”.

“Eu sinto que algumas pessoas só vão olhar e fazer um julgamento. Eu não posso controlar o que eles pensam. Eu nunca pude, mas eu acho que posso viver meu ‘eu’ mais autêntico”. No entanto, para buscar essa autenticidade, Katy revelou apelar para o álcool: “Especialmente quando não estou em um bom momento eu uso para, você sabe, me conhecer”. Questionada se já se sentiu deprimida e se sentiu que não poderia seguir em frente diante deste conflito, ela revelou: “Sim, já escrevi uma música sobre isso”. A música em questão é By The Grace of God, do álbum Prism.

“Era difícil cantar na turnê. E é difícil porque eu estou envergonhada porque, claro, Katy Perry é tão forte. E é difícil porque eu me sentia envergonhada só de ter esses pensamentos (de não conseguir seguir), sabe? De me sentir tão para baixo, tão deprimida”. Ai </3, Katy! “Às vezes eu passo por coisas muitos difíceis e sinto que não vou aguentar”. Keep strong!

4. Ela fez um ranking dos ex-namorados na cama. Sim, ela fez. 

Em um momento mais descontraído, nossa ~garota da califórnia~ conversou com James Corden e adivinha só? Para se livrar de comidas para lá de estranhas, fez até um ranking do desempenho dos ex-namorados na cama. OMG! Do melhor para o pior, a ordem ficou assim: John Mayer, Orlando Bloom e Diplo. “Eles são todos incríveis e eu faria sexo com todos depois que eu saísse desse lugar”, disse antes de aceitar responder ao desafio. “Agora ninguém vai fazer sexo comigo”, choramingou ao completar a tarefa. Ai Deus!

5. Quando Katy falou sobre feminismo

Em um jantar com fãs e ~migas~, Katy falou sobre como foi o processo de se descobrir feminista: “Sabe, uma vez eu disse que não era feminista porque eu não sabia o que essa palavra significava. Eu realmente não sabia. Eu fui criada com essa ideia de que feministas eram mulheres zangadas, que não depilavam as axilas ou que queimavam os sutiãs. E, na verdade, se você procurar a palavra feminista no dicionário, só irá encontrar que significa alguém que quer igualdade para as mulheres. É isso!”

Uma amiga da cantora deu um empurrãozinho para que ela entrasse de vez na causa girl power: “Ela me levou para o lado e disse ‘querida, eu amo você, mas é isso que essa palavra significa’. E eu fiquei tipo ‘oooooh, entendi’. E você pode fazer isso com as suas amigas, você pode! E isso mudou minha vida para sempre”, revelou. Lacrou! ❤

5. Sia mandou um recado para os brasileiros

Nesse mesmo jantar em que falaram sobre feminismo, estava Sia e uma fã brasileira. Durante a live, a Sia pediu um favorzinho da mana tupiniquim: “Você pode avisar aos brasileiros que eu não estou no cativeiro da Beyoncé?”. Para quem não entendeu o pedido, a gente explica: Em 2015, Sia contou à Rolling Stone que o processo criativo para fazer composições para Beyoncé era bem intenso. Os compositores ficavam em uma espécie de acampamento, focados nas letras das músicas. Só que o brasileiro, do jeito que ama um bom meme, já inventou que tratava-se na verdade num cativeiro e Sia, por outro lado, estaria presa lá há anos. Doidos, né?

6. Ela disse que virá ao Brasil para a nova turnê! YES!

Na segunda-feira (12/06), última dia do live, Katy estava batendo um papo com os fãs enquanto se maquiava quando falou que ela virá, sim, ao nosso lindo país com a turnê de divulgação de Witness: “Não se preocupe, Brasil! Eu estou indo, só não foi anunciado ainda. Vocês sabem”. AÊ! Chega logo, momma! Os fãs que ~testemunharam~ o declaração piraram, claro.

E aí? Quem curtiu o BBB da Katy Perry?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s