Miguel Ángel se emociona ao falar do Brasil: “Me sinto em casa”

Segunda temporada de Sense8 estreou na sexta (5/5) e traz cenas filmadas em São Paulo

(Netflix/Divulgação)

O Brasil está mais conectado com Sense8 do que se imaginava nesta segunda temporada, que estreou na sexta-feira (5/5) na Netflix. No episódio “Isolados em cima, conectados embaixo”, nosso país foi o cenário escolhido pelas irmãs Lana e Lilly Wachowski para celebrar o amor entre Lito Rodriguez (Miguel Ángel Silvestre) e Hernando (Alfonso Herrera), em plena Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

Cenas que não são surpresa pra ninguém, já que a presença do elenco de Sense8 por aqui mexeu forte com o coração dos fãs da série, que tem no Brasil um dos grupos mais apaixonados.

(Netflix/Divulgação)

“Como Sense8 é uma série muito global, pude conhecer bem o Brasil, nesse sentido tenho muita sorte”, contou Miguel Ángel Silvestre à CAPRICHO, ao começar a se lembrar dos momentos especiais vividos por aqui em maio de 2016. “No Brasil eu me sinto em casa, porque coisas como família, a celebração, a personalidade, a dança, são muito parecidos com os dos espanhóis.”

Durante nosso encontro com Miguel Ángel em março, em Miami, o ator não escondeu a empolgação ao falar dessa passagem tão marcante em sua carreira. “Gravar no Brasil foi surreal, acho que nunca vou passar por nada parecido novamente”, declarou o ator, que elogiou muito a forma como Lana Wachowski conduziu tudo. “Lana queria mesclar ficção com realidade. Ela escreveu um texto em que o Lito fala de sua condição sexual. Não sei se você chegou a ver o discurso que a Lana fez pelos Direitos Humanos, mas foi muito lindo.”

“Lana chegou em mim e disse, ‘vou esconder as câmeras e te colocar no meio da Parada LGBT falando sobre isso [sexualidade de Lito]’. Eu pensei, ‘uau!’. As pessoas não sabiam que estávamos gravando e, do nada, a hostess chegou e falou, ‘agora quero lhes apresentar um homem, Lito Rodriguez’.”

É neste momento em que Miguel Ángel se empolga na sala da entrevista, se levanta e começa descrever com os braços agitados a cena:

“Quando vi, estava ali, diante de milhões de pessoas. Nem sei explicar direito, mas a partir dali tudo mudou pra mim, só conseguia pensar, ‘uouuuuuu’. As pessoas reagiram a tudo, tem um momento em que meu personagem tem um pouco de medo de falar e os brasileiros que estavam ali o apoiaram. Isso é uma coisa que nunca vou esquecer.”

Miguel conta ainda que eles tiveram que fazer tudo ali, em frente ao público, inclusive tirar a roupa:

“Não tinha tempo para discutir a cena com a Lana, com a câmera rodando, com milhões de pessoas ali. Pra mim é muito importante o que mostra Sense8, acredito muito nas Wachowski, porque elas criaram um ambiente muito construtivo.”

* A CAPRICHO viajou a Miami a convite da Netflix.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s