Nathália Bacci, do Fábrica de Estrelas: "Se não foi, não era para ser"

Por Mariana Toledo, em 29/08/2013 às 17:55

A CAPRICHO conversou com a cantora sobre sua participação no reality e seu futuro na música

Você já conhece a Nathália Bacci? A cantora de 19 anos participou do reality show Fábrica de Estrelas, que revelou as meninas da banda Girls. A CAPRICHO já falou da Nathi aqui e, agora, conversou com ela para saber tudo o que ela pensa sobre sua participação no programa e quais são seus planos a partir de agora.

CAPRICHO: Como você decidiu se inscrever para o programa?
Nathália: Eu vi o Rick anunciando o reality no Twitter e respondi, meio na brincadeira, falando "Eu quero participar!". Na hora, ele me respondeu, pela primeira vez, e falou para eu me inscrever. Aí fiquei com mais vontade ainda né! Haha!

Assim que você chegou lá, o que você pensou das meninas?
Pensei "hum, ferrou". Hahaha! Todas estavam muito bonitas e cantavam muito bem. Na aula de dança, vi que todas sabiam dançar também. Fiquei nervosa, mas estava segura.

Teve alguma garota que desde o começo você achou que estaria na banda?
A Jennifer! Não conheci ela na primeira audição porque fomos divididas em grupos e ela estava em outro, mas assim que bati o olho nela soube que ela tinha tudo a ver com a girlband. Quando vi ela cantando e dançando tive mais certeza ainda!

De quem você ficou mais amiga?
Eu já conhecia a Bruna, então foi bem legal reencontrá-la, a gente ficou bastante juntas. Depois me aproximei da Nastascha e da Bárbara também.

Rolou alguma briga nos bastidores do programa?
Ai, não cabe a mim falar sobre isso e eu também posso garantir que, particularmente comigo, não rolou nada disso. Mas tinha algumas intriguinhas, uma falando da outra... Nada demais.

Como você estava se sentindo na final? Você achou que estaria na banda?
Todas estavam nervosas demais. Eu estava segura, mas não sabia o que estava passando na cabeça do Rick, então não tinha certeza de nada. Eu sabia o que estava fazendo e estava certa de que tinha ensaiado e estava cantando e dançando bem. Fui pensando que se não rolasse, é porque não era para ser.

Você ficou muito triste com o resultado?
Ah, é claro que sim. No dia, fiquei muito triste. Afinal, eu fiquei cinco meses parada, me dedicando exclusivamente ao programa, fazendo tudo para dar certo. Eu me dediquei 100%. Mas depois ficou tudo bem. Eu conversei com as pessoas, vi tudo o que o Rick falou de mim e soube que não tinha feito nada de errado. Que simplesmente não era pra ser mesmo.

Você está acompanhando a carreira das Girls?
Estou sim. Estou super orgulhosa por elas. Elas são minhas amigas e tenho certeza que a música pop precisa de uma banda como a das meninas. Eu vi o clipe, ouvi as músicas, ajudei a subir as tags pra elas no Twitter...

Quando você viu o clipe, se imaginou lá?
Então, não muito. É um pouco diferente do que eu pensava. Não sei se me sentiria bem cantando aquela música e vestindo aquelas roupas. Não que eu não goste! Eu achei lindo, mas não seria a minha verdade. Não tem tanto a ver comigo.

Quais são seus planos agora?
Vou continuar batalhando. Estou gravando covers, produzindo fotos... Vou mandar meu material para as gravadoras e continuar correndo atrás. Estou compondo músicas também, quero poder levar minha mensagem para todas as pessoas.

Qual mensagem?
Quero mostrar que não podemos desistir dos nossos sonhos. Tenho escrito letras positivas, como algumas da Katy Perry. É isso que quero levar para os meus fãs.

Quem são suas maiores inspirações?
Katy Perry, Beyoncé... Também gosto muito da atitude da Ke$ha e da Pink.

Qual é seu maior sonho?
Conseguir gravar minhas músicas próprias e mostrá-las para os meus fãs e para as pessoas que ainda não me conhecem. Sabe, já levei muito não na vida e aprendi que para cada porta que se fecha, outra se abre. Foi assim a minha vida inteira. Por isso só quero poder cantar e levar alegria para as pessoas.

 

Gostaram da entrevista?

Comente!