Fiuk sobre namoro: “Não consigo viver sozinho”

O ator falou sobre sua vida pessoal e disse estar em seu melhor momento no trabalho

Fiuk vem arrasando no papel de Ruy em A Força do Querer, né? Por isso, a CAPRICHO foi atrás do ator para saber quais são as maiores dificuldades de interpretar um dos protagonistas do horário nobre. Sem medo da pressão, ele disse estar vivendo o melhor momento profissional. Sem querer abrir muito sobre a vida pessoal, Fiuk brincou que está amarrado (seria com a Isa Scherer?) e disse que não consegue viver sozinho.

(Mauricio Fidalgo/Globo)

CH: Você é filho de Fábio Jr, irmão de Cleo Pires, cresceu dentro do meio artístico, é ator e cantor, mas não se deslumbrou com a fama. Foi difícil não cair nessa armadilha?

FIUK: Não! A vida é simples, a gente é que complica. Afinal, a graça está na simplicidade! Eu tento não acreditar em algumas ilusões que o meio artístico proporciona. Às vezes, é fácil cair numa armadilha, ainda mais no nosso meio. Chega um momento que você tem tudo, pode ir para qualquer lugar, fazer o que quiser. Mas a magia está em viver bem, morar num lugar legal, ter uma família bacana sempre ao seu lado.

CH: Por falar em ter alguém ao seu lado, você está namorando?

FIUK: Eu estou amarrado, mas não falo mais com quem… Eu sempre me amarro aqui ou ali. Vou viver amarrado. (risos) Não fico bem sozinho, esse é um erro meu! Não consigo ficar sozinho mesmo!

CH: Você já foi protagonista de Malhação, mas agora está com um dos papéis principais em uma novela das 21h, A Força do Querer. Rola muita pressão?

FIUK: As coisas vão acontecendo. Mas, pela primeira vez, não estou com receio. Penso só no personagem e não me preocupo com a cobrança de fora. Sinto-me mais seguro e isso foi mudando com a vida. Acho que fui ficando mais tranquilo, mais solto.

CH: A novela traz à tona a mensagem sobra a força do querer de cada um. Qual é o seu querer?

FIUK: São vários, mas não falo exatamente quais são porque pode não acontecer lá na frente e aí o pessoal vai me perguntar isso para sempre. O que eu sei é que temos que lutar pelos nossos quereres porque é verdade, os sonhos existem e se realizam. Hoje, vivermos numa geração materialista, em que as pessoas se importam com os número de seguidores que têm e o que podem ganhar com isso. Na minha opinião, estamos com os valores invertidos. Não quero soar careta, mas os valores não são esses.

(Estevam Avellar)

CH: Você tem um álbum, Amor, no forno. Quando será lançado?

FIUK: Em 2018. Ele está pronto. Neste trabalho, eu tento ser o mais transparente possível. Pela primeira vez não tenho tantas amarra e medos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s