12 séries canceladas que voltaram atrás

Diferente de revivals, essas séries voltaram como se nada tivesse acontecido

Sim, eu não estou doida. Esse é um fenômeno raro no mundo da TV, mas acontece. “Descancelar” uma série é algo que os executivos da TV não curtem fazer, mas às vezes, pelo apelo dos fãs – e se o budget permitir -, eles voltam com a série como se nada tivesse acontecido. Ou como é mais comum, uma outra emissora chega e compra os direitos de exibição, dando uma nova casa para a série, que muitas vezes, acaba ganhando uma sobrevida.

(NBC/Divulgação)

Estava pensando nessa semana em quão louco seria se a Amazon ou o Hulu comprasse Sense8, depois de todo esse apelo dos fãs e a Netflix ter ficado irredutível com relação a dar um final conclusivo para quem acompanhou a série. Mas acho que deve ter acordos contratuais para que as irmãs Wachowski não levem a trama para a concorrência. Seria genial, não?

(Netflix/Divulgação)

Diferente de um revival, essas séries não tiveram um tempo longo, como anos, até voltarem. Simplesmente continuaram como se nada tivesse acontecido, em outra emissora ou na mesma de sempre. Um revival (que tem grandes séries na lista, como Gilmore Girls, Arquivo X, Prison Break e Arrested Development) também pode ser considerado uma série cancelada que voltou, mas eu queria focar nesse fenômeno raro da TV, que é a volta dos que nunca foram:

1) Timeless

(NBC/Divulgação)

Esse é o caso mais recente. Em maio desse ano, a série foi cancelada e voltou pela própria NBC. Eles decidiram cancelar e, três dias depois, voltaram atrás. A série do criador de Supernatural, Eric Kripke, e do criador de The Shield, Shawn Ryan, era mais uma sobre viagem no tempo nesse ano e estava com uma audiência média boa, de 8 milhões de telespectadores. Porém, dizem que estava sendo caro produzi-la, já que é da Sony Television, exibida pela NBC, duas empresas diferentes. Mas foi pelo apelo dos fãs que ela voltou, porque foi uma decisão muito rápida e parece que o segundo ano não terá cortes no budget nem nenhuma alteração.

2) Roswell

(The WB/Divulgação)

Fãs fizeram uma campanha ferrenha para que a The WB (emissora antes de virar CW) ressuscitasse a série para uma segunda temporada. Porém, mesmo assim, a audiência não foi suficiente e foi cancelada. Foi aí que a UPN (emissora que mais tarde se juntou a The WB e deu origem a CW) trouxe a série com Shiri Appleby e Katherine Heigl para uma terceira temporada, que também flopou e foi cancelada em seguida.

3) Family Guy

(Fox/Divulgação)

Acredita que a Fox tinha cancelado a série dos Griffin em 2002, depois da 3ª temporada? A venda de DVDs foi tão expressiva que eles decidiram dar mais uma chance para a comédia animada. E a série está aí, na 16ª temporada atualmente, firme e forte…

4) Jericho

(CBS/Divulgação)

O poder dos fãs! Depois de inundarem os escritórios da CBS com pedidos de uma segunda temporada, os fãs foram atendidos para terem um segundo ano que trouxesse pelo menos uma conclusão e um fim para a história.

5) Friday Night Lights

(Divulgação/Divulgação)

Meu coração quase parou quando ouvi que depois da segunda temporada, FNL seria cancelada. Eu amo demais essa série (dê uma chance e inclua na sua listinha) e fiquei apaixonada pela DirecTV quando eles fizeram um acordo com a NBC, produziram mais três temporadas e cimentaram meu amor pelo casal Eric e Tami Taylor pra sempre.

6) Scrubs

(NBC/Divulgação)

Em um caso bizarro entre duas grandes emissoras abertas, a NBC cancelou a série com Zach Braff para a ABC ir lá e dar uma nova casa depois de sete temporadas. A oitava temporada na ABC seria a última, para dar uma conclusão, mas a série acabou voltando para um nono ano sem o elenco original, em uma espécie de spin-off que não deu muito certo e foi cancelada de vez.

7) Chuck

(NBC/Divulgação)

Com uma audiência bem baixa, a NBC decidiu cancelar a série do espião, que foi bem prejudicada por causa da greve dos roteiristas de 2008. Mas depois de uma campanha impressionante dos fãs, com apoio dos criadores e do elenco, a série voltou para um terceiro, quarto e quinto ano, sempre na bolha do cancelamento, sobrevivendo por pouco.

8) Southland

(TNT/Divulgação)

A série era da NBC e, depois de uma primeira temporada sombria e intensa, a emissora postergou e depois cancelou o segundo ano da série que tinha Ben McKenzie, o eterno Ryan de The O.C. no elenco. Como tinham seis episódios sem ser exibidos, a TNT foi lá e comprou os direitos para exibir e dar um final aos fãs. O que acabou gerando mais três temporadas completadas, porque encontrou sua audiência.

9) Cougar Town

(TBS/Divulgação)

A terceira temporada da série com Courtney Cox foi encurtada pela ABC e estava pronta para dizer adeus devido a baixa audiência. Aí a TBS comprou os direitos de exibição e algo mágico aconteceu. Ela sobreviveu por mais três anos.

10) The Killing

(AMC/Divulgação)

A série foi cancelada três vezes! Primeiro, a AMC cancelou depois da segunda temporada por causa da audiência. Mas voltou atrás e decidiu dar mais um ano, que não foi superior e foi cancelada mais uma vez. Aí a Netflix resgatou a série para dar um final conclusivo para os fãs na quarta temporada.

11) The Mindy Project

(FOX/Divulgação)

Eu sempre serei uma defensora ferrenha de Mindy Kaling! Ela está na minha listinha de pessoas que preciso conhecer na minha vida ainda. Acho ela simplesmente fantástica e fiquei bem chocada quando a série dela na Fox foi cancelada depois do terceiro ano. Aí veio o Hulu e deu a chance para a Mindy brilhar por mais três anos, quando a série começou a perder o rumo.

12) Nashville

(Divulgação/Divulgação)

Foram quatro anos de um audiência média, mas bastante fiel. Depois do quarto ano, a ABC decidiu cancelar o drama country com Connie Britton (a eterna Tami Taylor de FNL pra mim) e Hayden Panettiere. Semanas depois, a CMT foi salvar a série em um estilo bem The Voice e continuar o show que está renovado até o sexto ano.

Existem mais alguns poucos casos desse fenômeno, mas esses foram os que mais me marcaram. Você assistiu a alguma delas? Tem algum que você queria que tivesse voltado como se nunca tivesse ido? Compartilha comigo nos comentários ou vem conversar comigo no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi | TV Showtime priharumi

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Eu não sou religiosa. Mas eu nunca rezei tanto para “In The Flesh” estar entre os 12 😢🌸 Oh! Kieren and Simon! Why??!!! I want them back so badly!!!!! 😫 🌸

    Curtir

  2. Sílvia Castilho

    Scrubs foi cancelada em 2010, e Friday Night Lights em 2011. De quando é essa matéria???

    Curtir

    1. de agora. A matéria se refere a séries que já foram canceladas em algum momento, não a matérias que foram canceladas no ano de 2017.

      Curtir

  3. Wendersen Reginaldo Pereira Candido da silva

    drop dead diva, cancelada mas resgatada pela life se não me engano para uma última temporada

    Curtir

  4. Olá pessoal. Deem uma passadinha no meu canal para conferir. Ele é novo e estou só no comecinho ainda, mas vai que você se identifica um pouquinho comigo ♥

    Venha conferir o DE PORTAS ABERTAS. Eu estou aqui, só esperando você entrar e se sentar.

    Curtir