Os 5 pontos fracos do homem

Sua avó diz que é o estômago, tem quem insista que é o bolso, mas basta uma análise detalhada do corpo para saber que a fragilidade masculina está bem mais à vista

É claro que a CAPRICHO é contra a violência, mas não custa nada saber em que pontos acertar os homens no caso de uma briga (vai que você precisa, né?).

Então vamos aos tópicos:

1. Nariz

Já percebeu que qualquer esbarrão no nariz faz sangrar? Pois é, essa área de relevo do rosto é supersensível e cheia de vasos sangüíneos. Como é formada apenas por cartilagem e pele, a dor chega a ser insuportável. Para agravar ainda mais a situação, o nariz é porta de entrada do ar e, quando atingido, faz a pessoa se sentir sufocada e sem defesa.

2. Órgãos genitais

Como ficam fora do corpo (porque precisam viver em uma temperatura mais baixa que a interna), os testículos são os órgãos mais desprotegidos do homem. Além disso, eles são feitos com um tecido mole e estão cobertos com vasos sangüíneos que podem inflamar com um impacto forte. Ou seja, são megassensíveis. E como se não bastassem todos esses motivos médicos, um chute no saco é o golpe que melhor ataca a virilidade masculina.

3. Garganta

Um golpe no “gogó” ou “pomo-de-adão”, a parte inferior da laringe, deixa qualquer um sem rumo. É que ser atingido nessa região provoca um reflexo do cérebro que contrai os músculos do pescoço e leva a pessoa a se sentir sufocada.

4. Queixo

Não é à toa que o queixo é uma das partes preferidas dos boxeadores. Um soco bem dado nessa região provoca um movimento de rotação súbita da cabeça. Além disso, o líquido no ouvido que é responsável por nossa sensação de equilíbrio se movimenta e deixa a pessoa tonta. A pancada também pode desalinhar os dentes e dificultar o fechamento da boca.

5. Peito do pé

O peito do pé é até resistente a fraturas, mas como não tem cobertura muscular ou de gordura e ainda está cheio de nervos, artérias e tendões, acaba se tornando um ponto fraquíssimo: uma bela pisada causa bastante dor.

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s