SOS Corpo

 soscorpo

05
02/2014

5 razões para usar absorvente interno (e mudar a sua vida)

Categorias: corpo - Por Marina Bessa, em 05/02/2014 às 13:17

A Mari está com um dilema: vai passar o fim de semana na praia e, pã, vai estar menstruada. E agora?

Mari, a resposta é muito simples: absorvente interno.

absorvente-interno2

No Brasil, as meninas não tem o hábito de usar esse tipo de absorvente, mas ele é muito, muito comum entre as adolescentes americanas e europeias (elas, muitas vezes, nem experimentam outro tipo de absorvente).

Eu sou grande defensora desse tipo de absorvente. Aliás, sou fã de carteirinha. Posso listar aqui algumas vantagens:

1. É higiênico. O fluxo da menstruação não entra em contato com o ar e, por isso, você não fica com nenhum tipo de odor. E não fica suja nem incomodada no fim do dia.

2. É confortável. Juro, se você colocar direitinho, você simplesmente não sente que está usando. É como se nem estivesse menstruada.

3. É seguro. Colocado do jeito certo, o absorvente interno não sai do lugar e absorve todo o fluxo ainda dentro do seu corpo. A chance de alguma coisa vazar é bem menor do que nos absorventes comuns. Se você ficar insegura, use um protetor diário e tudo estará bem.

4. É prático. Ele é pequenininho, dá pra levar no bolso pro banheiro, sem chamar nenhuma atenção. Além disso, ele aguenta bem por seis horas de uso. Ou seja, você não precisa trocar com tanta frequência.

5. É libertador. Gente, já fez as contas de quantos dias por ano você passa menstruada? Já pensou se privar de nadar, colocar biquíni, fazer ginástica, andar de bicicleta? Não dá, né? Colocar o absorvente interno na rotina é um jeito de fazer as pazes com os dias de menstruação. Sem exagero.

Já estou ouvindo as perguntas: e não tira a virgindade? Dependendo do tamanho do absorvente interno (existem pequeno, médio e grande e deve ser escolhido de acordo com a quantidade do seu fluxo) e do seu tipo de hímen, há o risco (pequeno) de você romper essa membrana. Isso pra você é perder a virgindade? Pra mim não é.

Tirando a empolgação de lado e deixando as coisas mais científicas: os ginecologistas aprovam o uso de absorvente interno desde a primeira menstruação. A parte mais difícil é ter intimidade com o seu corpo para colocar o absorvente sem sustos. Se não der certo na primeira vez, não desista: uma hora vai.

Pra finalizar, o depoimento da Jéssica:

De tanto ler sobre os absorventes internos, resolvi provar. Conversei aqui em casa, e como minha avó tinha um certo medo, fomos na ginecologista. Ela disse que tudo bem! Provei o ob e minha vida mudou! Nem se compara com os externos. Mais confortáveis, práticos, discretos… Muito obrigada por falar tanto desse assunto no seu blog!

Ai, Jéssica <3 de nada!!

Convencida, Mari? ;)

Quem aí já experimentou? Por que não?

17
09/2013

28 days – ou como eu me sinto quando fico menstruada

Categorias: corpo - Por Marina Bessa, em 17/09/2013 às 19:36

Aura ‘girl power’ na cena do clipe “28 Days”, de U.S. Girls. Menstruar te torna especial?

Eu tinha uma amiga que alardeava aos quatro ventos que adorava ficar menstruada. Isso mesmo. Ela dizia que a menstruação a fazia se sentir viva e saudável.

Sempre achei aquela opinião meio bizarra. Eu, do meu lado, via a menstruação como uma ironia da natureza, me lembrando todo mês que de nada importa os avanços tecnológicos ou as conquistas feministas: no fim das contas, somos mesmo animais. Essa imagem de mulher das cavernas era simplesmente revoltante.

Mas hoje li na Rookie uma entrevista que me trouxe de volta uma visão mais otimista sobre tudo isso. A cantora americana Meg Remy (que se apresenta como U.S.Girls) acabava de lançar uma música chamada “28 days”. A música, vejam só, celebra a menstruação. Na entrevista, Meg fala sobre sua relação com esse período cheio de tabus e de como a menstruação deveria ser vista como algo natural do corpo feminino. Que qualquer coisa relacionada a esse assunto deveria ser tratada com naturalidade. E mais: que menstruar tem um quê especial, quase mágico, que deveria ser celebrado.

Mágico? Ok, ela exagerou. Mas concordo sobre a questão da naturalidade: esse assunto deveria ser conversado mais abertamente com as amigas, com a mãe, com o namorado. Falar sobre isso nos ajuda a entender o nosso corpo e passar por esse momento que, tenho que admitir, é meio um divisor de águas. De alguma forma, menstruação simboliza maturidade. A partir dela, nosso corpo ganha um status diferente. E, não tem jeito, uma parte da nossa vida passa a girar em torno de um novo ciclo – o menstrual. Isso a gente tem que aceitar.

Pensando bem, talvez não seja tão ruim assim. Até faria um pacto com a minha amiga: entro no time do orgulho em ficar menstruada, desde que garantindo o acesso eterno às boas soluções da modernidade (absorvente interno!) e da medicina – toda menina poderia decidir como e quando menstruar. É possível, gente. Mas isso é assunto para um próximo post.

Enquanto isso, fiquem inspiradas com o clipe (bem legal!) da U.S. Girls:

U.S. Girls: “28 Days” from Rookie on Vimeo.

Beijos!

*Conta pra mim: como você se sente quando fica menstruada?

06
06/2013

Posso dormir de absorvente interno?

Categorias: corpo - Por Luise Takashina, em 06/06/2013 às 21:19

Foto: Dedoc/ Capricho

Muitos médicos até falam que não há problema, mas é melhor evitar esse hábito. O absorvente interno impede que a vagina transpire e, por isso, o ideal é que seja trocado a cada três horas (principalmente quando seu fluxo é intenso, pra evitar vazamentos). Ou seja, passar uma noite toda com ele – cerca de oito horas – não é legal.

Quando a vagina não transpira, cria o ambiente favorável para o desenvolvimento de fungos e bactérias, o que pode render alergias e corrimentos. Por isso, use o absorvente somente durante o dia e troque sempre.

Veja mais sobre absorvente interno aqui e aqui!

 

 

 

16
04/2013

Tudo o que você precisa saber antes da primeira menstruação

Categorias: corpo - Por Luise Takashina, em 16/04/2013 às 10:00

Foto: Dedoc/Capricho

1. Ela não desce para todas as meninas ao mesmo tempo
Suas amigas menstruaram e você, nada? Calma que a sua hora vai chegar. O esperado é que a menstruação aconteça entre 8 e 16 anos – ou seja, há um intervalo de oito anos! Por isso, se você está dentro dessa faixa etária, nada de se preocupar (mesmo que você seja a única da turma que não virou mocinha). Apenas procure ajuda médica se estiver muita fora desse grupo.

2. Ela dá sinais de que vai acontecer
A menstruação costuma descer dois anos antes depois que os seios e pelos pubianos começam a crescer e seis meses depois que desce um corrimento parecido com clara de ovo. Outra dica: é grande a chance de você ficar menstruada com a mesma idade que a sua mãe ficou.

3. É normal menstruar e, logo depois, ficar sem menstruar
Isso acontece e é um processo totalmente hormonal. Provavelmente, você vai crescer muito nos meses seguintes à menstruação e, cerca de dois anos depois, ela vai se regularizar. Agora, se mesmo depois disso ela andar com uma frequência meio estranha, vá a um ginecologista pra ver se está tudo bem.

4. TPM existe
Dias antes de a sua menstruação descer, as alterações hormonais vão mexer com seu corpo. É normal ficar mais irritada, ter vontade de comer mais doces, ficar com os seios doloridos e chorar. Calma que isso tudo passa logo e esses sinais devem aparecer sempre alguns dias antes de você menstruar.

5. Nem toda absorvente é igual
Tem o com abas, o noturno, o com cobertura seca, o OB. Você vai ter que testar vários modelos até encontrar um que te deixe bem segura. E vale lembrar que, com absorvente, nada de economizar: troque pelo menos a cada três horas.

6. Depois de menstruar, você não vai crescer muito
O esperado é que você cresça por até três anos depois de menstruar e pare.

7. É possível atrasar a vinda da primeira menstruação
Tem muita menina que até faz tratamento para isso. Como quem menstrua não cresce muito mais depois, há casos de meninas que preferem tomar hormônios e menstruar mais tarde, para crescer por mais tempo. Claro que isso só pode ser feito com um acompanhamento médico e em casos realmente necessários.

8. Ter cólica é normal
A dor é provocada pela parede do seu endométrio se desmanchando. Afinal, como você não engravidou, ela não precisa ficar mais espessa para acomodar um feto. Sentir um pouco de dor é normal. Agora, se você sofre muito com a cólica, vale pedir um analgésico ao seu ginecologista.

Ficou tudo claro? Se faltou alguma coisa, só avisar!

Beijos

21
02/2013

É normal ter menstruação irregular?

Categorias: corpo - Por Luise Takashina, em 21/02/2013 às 20:03

Foto: Thinkstock

Depende. Se você acabou de ficar menstruada, é bem normal que seu ciclo leve até dois anos para se regularizar. Mas, se esse tempo passou e você continua com o ciclo muito descontrolado, vale a pena procurar um ginecologista.

O ciclo irregular pode ser causado por um desequilíbrio hormonal, por anemia ou até por excesso de exercícios (mas, pra se esse o caso, a pessoa tem que ser praticamente uma fisioculturista!). Quem tem ovários policísticos também pode ficar alguns meses sem menstruar e isso precisa ser tratado: essa síndrome causa muita acne e pode levar à infertilidade.

 

O que é um cicloregular?

É aquele que acontece com intervalos entre 25 a 35 dias -- ou seja, entre o primeiro dia de uma menstruação e o primeiro dia da próxima menstruação, não pode haver mais menos que 25 nem mais que 35 dias. Se sua menstruação desce muito antes ou muito depois disso, é preciso entender o que há de errado.

Um estudo médico publicado em 2011 nos Estados Unidos afirma que meninas com menstruação irregular têm mais chance de ter diabetes, problemas no coração ou excesso de peso. Por isso, nada de descuidar!

 

Página 1 de 41234
Siga CAPRICHO no Instagram Siga CAPRICHO no Tumblr Siga CAPRICHO no Pinterest Siga CAPRICHO no YouTube Siga CAPRICHO no Flickr RSS
soscorpo