Sexo

 sexo

02
01/2015

Como saber se estou pronta para transar?

Categorias: sexo - Por Marina Bessa, em 02/01/2015 às 11:30

enquete-sexo-encanacao-251317

A P. escreveu com a seguinte questão:

Tenho 15 anos e namoro um garoto de 17 há mais ou menos 7 meses. Gosto muito dele e ele de mim. Não namoramos escondido, ao contrário: tanto meus pais quanto os dele sabem de nós dois. Ultimamente, o clima vem esquentando entre a gente. Um dia, quase rolou, mas falei pra ele que eu ainda não estava pronta. Ele entendeu e respeitou minha decisão. Eu tenho muita vontade de transar com ele, só que morro de medo de engravidar e da minha família perder a confiança em mim. Como saber se é o momento?

P., cada menina tem uma história, vontades e tempos próprios. Não há regras para o sexo. Mas você pode refletir melhor sobre esse momento, fazendo para si mesma as seguintes questões:

1. Você gosta do cara?

2. Ele te respeita?

3. Você sente tesão quando está com ele? Quer transar com ele?

4. Vocês têm intimidade, para conversar sobre o que gosta, sobre os seus medos, sobre as suas expectativas?

5.  Vocês já falaram sobre camisinha e como é importante se prevenir contra doenças sexualmente transmissíveis? Ele topa usar?

6. Você já foi a um ginecologista e decidiu com ele o melhor método anticoncepcional para você?

Se a resposta for sim para todas as perguntas acima, é tudo uma questão de tempo.

Sua insegurança é normal porque você é nova e esse é um passo muito importante na vida. Tome seu tempo, não tem pressa. Pelo que você contou, parece que tudo está se encaminhando do jeito certo, para você ter uma primeira vez bem tranquila.

E não deixe de conversar sempre com ele, abrir o jogo mesmo. A conversa, a sinceridade, a cumplicidade é a chave de tudo.

 

Um beijo e boa sorte!

10
02/2014

Primeira vez: qual é a posição ideal?

Categorias: Sem categoria - Por Marina Bessa, em 10/02/2014 às 14:01

Essa é a pergunta da Ana Carolina, que tem 17 anos, namora, mas ainda é virgem.

namorados-na-cama

Ela diz:

Esses dias eu estava conversando com meu namorado sobre posições e ele falou que seria melhor eu ficar por cima na nossa primeira vez. O que será que é melhor: eu ou ele por cima?

Ana, vamos por partes:

Você conversa com o seu namorado, e isso já é um passo e tanto. Deixar claro que você é virgem, falar sobre a primeira vez, planejar como vai ser – tudo isso é sinal de intimidade. E, pode apostar, intimidade é essencial para ter uma primeira vez legal e uma segunda, terceira, quarta vez mais e mais legais ainda.

Mas, quanta ansiedade, menina! Vocês nunca transaram e já estão falando em posições… Olha, planejamento na medida é excelente – ir ao ginecologista, escolher um método contraceptivo, conversar sobre os dramas e as ansiedades com o garoto. Mas o excesso de planejamento pode acabar criando uma expectativa que dificilmente será atingida na primeira vez.

Não adianta, a primeira vez é confusa, tensa, desajeitada. O melhor a fazer é relaxar e deixar as coisas acontecerem com naturalidade. Não coloque tantas regras e um roteiro tão engessado pra vocês cumprirem. Deixa ser do jeito que rolar. E daí, com o tempo, vocês vão experimentando coisas novas e descobrindo, sozinhos, o que é melhor e pior pra vocês.

Não acha melhor assim? Uma coisa de cada vez e tudo dará certo.

Boa sorte pra vocês.

beijos!

 

TAGS:

20
09/2013

“Como falar pro meu namorado que eu sou virgem e que ainda não estou preparada pra transar?”

Categorias: sexo - Por Marina Bessa, em 20/09/2013 às 19:18

Na, só existe um jeito: em uma conversa bem sincera. Falar de sexo com o namorado requer muita intimidade e muita segurança. Intimidade para você puxar assunto, abrir o jogo, fazer perguntas, responder às dúvidas. Segurança para dizer a verdade sem se sentir constrangida, fazer as perguntas sem se sentir inexperiente, responder às dúvidas sem se sentir intimidada. No começo de um namoro, essa não é mesmo uma tarefa fácil.

Esta é a conversa que eu teria se fosse você:

(Situação: Você e o seu namorado estão se pegando na sala de tevê enquanto sua mãe saiu para ir ao mercado. O cara coloca a mão por dentro da sua blusa. E o clima vai esquentando.)

Você, congelando a situação no auge do amasso:
- Ei, precisamos conversar.

Ele:
- Agora?

Você:
- Sim.

Ele:
-…

Você:
- Faz um tempão que estou tentando falar sobre isso. Não sei bem como, mas, enfim, a gente já está namorando há xx meses, preciso ter coragem de falar sobre qualquer coisa com você, né?

- Claro

- Então, eu não sei se você sabe ou imagina: eu já tive alguns namorados (ficantes/ rolos/ afins/ amores platônicos), mas nunca fui tão longe num namoro com um garoto. O que eu estou querendo dizer é que (respira bem fundo e solta sem pensar muito) eu sou virgem.

(Ele vai ficar meio bobo, sem saber o que dizer).

- Só estou te falando isso porque acho intimidade e confiança é tudo em um relacionamento. Precisava dividir com você. (aí você joga a bola pra ele). Você desconfiava disso?

(Ele vai engasgar, se enrolar, falar que sim, que não, não importa. Continue)

- Então, esse é um passo importante pra mim. Eu gosto muito de você, mas ainda não me sinto preparada para avançar. Preciso saber se você está disposto a esperar.

(Ele vai falar que sim ou te enrolar e tentar te convencer de que é legal e você vai curtir e que pode confiar nele e tal. Nesse caso, deixe bem claro:)

- Só dá pra gente continuar o namoro se for sob as minhas condições. Você vai topar esperar e respeitar os meus limites?

Aí cabe a você perceber o quanto o cara está sendo sincero, o quanto gosta de você e se ele é legal o suficiente para ser seu namorado.

Pronto, o gelo está quebrado: agora vai ser muito mais fácil voltar ao assunto ou conversar sobre outras coisas relacionados a sexo. Você pode, por exemplo, perguntar sobre a experiência dele, sobre as vontades, sobre camisinha, gravidez, expectativas. E, pouco a pouco, vai se sentir mais segura para dar o próximo passo.

E aí, acham que funciona assim? Como vocês levariam essa conversa?

12
06/2013

“Eu e meu namorado estamos tentando transar, mas não conseguimos ir até o fim. Por que isso acontece?”

Categorias: sexo - Por Marina Bessa, em 12/06/2013 às 19:03

Foto: Reprodução

Algumas coisas podem ter acontecido:

- O mais provável é que você e o seu namorado sejam inexperientes e ainda estejam experimentando todas as descobertas relacionadas ao sexo. Todo mundo acha que transar é simples e instintivo. E até é. Mas descobrir exatamente o que deve ser feito, quais posições favorecem a penetração e como fazer com que tudo funcione em harmonia pode levar um tempo.

- Você pode estar muito tensa com a situação (por medo de doer, de passar alguma vergonha, de estar sem roupa…) e, como reflexo, seu corpo responde contraindo os músculos da vagina. Aí o desafio fica ainda mais complicado.

- As duas alternativas- inexperiência e nervosismo – juntas.

A solução é a mesma para qualquer uma das opções: tentar relaxar e curtir o momento. Não se estresse pensando que tem que rolar hoje, que precisa ser de uma determinada maneira, que tem que ser incrível porque é sua primeira vez ou preocupada com o que ele está achando do seu corpo. Simplesmente aproveite essa fase de descobertas e deixe as coisas evoluírem com calma. Que tal se você combinar isso com ele? Aí, você vai ver, quando menos esperar, vai rolar até o fim. E, com tanta intimidade, a chance de ser bom é ainda maior.

05
06/2013

Tenho que fazer tudo o que meu namorado quer? Até onde devo ir?

Categorias: sexo - Por Marina Bessa, em 05/06/2013 às 19:38

Foto: Reprodução

Anota aí uma regra que vai valer para a sua primeira vez e pra sempre: você deve ir até onde se sentir à vontade e com vontade. Faça apenas o que for prazeroso para você.

Sexo é mesmo uma descoberta, onde nada é proibido, mas nada é obrigatório. É normal se o menino te fizer propostas que, num primeiro momento, possam parecer esquisitas – e pode ser divertido entrar em algumas brincadeiras. Mas nada pode colocar em risco sua saúde ou sua autoestima. Quando você não estiver segura ou a fim, seja clara: “isso eu não não quero”.

Cabe ao garoto aceitar o que você tem a oferecer e respeitar seus limites. Afinal, a relação deve ser uma troca, onde os dois precisam curtir, certo?

 

Página 1 de 712345...»

Sobre o blog

Este é o seu espaço para tirar todas as dúvidas sobre sexo. Mesmo aquelas que todo mundo acha que sabe. Ou que ninguém tem coragem de fazer. Você manda a sua pergunta e a gente responde.

Mande a sua dúvida!

Dúvidas sobre sexo? Preencha o formulário abaixo e mande a sua pergunta.

Mande um e-mail pra gente:

* Campos obrigatórios

Nome completo:*

Data de nascimento:*

DDD:*

Telefone:*

Celular:

E-mail:*


Mensagem*

Enviar
Siga CAPRICHO no Instagram Siga CAPRICHO no Tumblr Siga CAPRICHO no Pinterest Siga CAPRICHO no YouTube Siga CAPRICHO no Flickr RSS
sexo