8 coisas que você precisa saber antes de cortar a franja curtinha

Ela turbina o cabelo e garante o estilo. Mas também pode dar trabalho. Por isso, a CH mostra o que é legal ter em mente na hora de aderir ao look

Está pensando em cortar uma franja curta? Então, para tudo!

Antes de adotar o look, é importante ter algumas coisinhas em mente. Afinal, a franja fica linda, mas também pode trazer alguns arrependimentos. Calma, não é nada grave (o drama foi só por causa da foto divers da Taylor mesmo hahaha). Mas, como é bom evitá-los, a CH fez uma lista com oito dicas que vão te ajudar a tomar a decisão certa. Anota aí!

1. Primeiro passo
O único pré-requisito para aderir à franjinha é QUERER! Não caia nessa história de que ela só fica legal em cabelo liso ou que no seu tipo de rosto não cai bem. O ideal é que você encontre um cabeleireiro de confiança e que, respeitando suas vontades, ele mostre diferentes cortes e indique os mais legais para você. No final, a decisão é sua e de mais ninguém.

2. Defina o tipo de franja que você quer
Ela pode ser reta, arredondada, em diagonal… Não existe regra, mas, na dúvida, pense assim: as bem curtas (tipo no meio da testa) ficam total alternativas. O franjão na altura da sobrancelha ou um pouco abaixo é o corte mais versátil, graças às pontinhas repicadas. Elas permitem que você use os fios retos, para o lado ou divididos. Se você é cacheada, lembre-se também de que ela vai encolher bastante quando estiver seca, ok?

Esqueça as regrinhas. Para cortar a franja você só precisa querer!

+ 9 fotos que provam: as franjas cacheadas são MARAVILHOSAS!

3. Tesoura nela!
É importante saber que ela vai tornar suas visitas ao salão mais frequentes. As curtinhas, depois de 15 dias já começam a incomodar e vão precisar de corte. As mais longas, que podem ser jogadas para o lado, necessitam de menos manutenção.

4. E que tal um DIY?
Ih, melhor não! Cortar em casa talvez não seja a opção ideal, sobretudo se você vai fazer a franja do zero. No salão, o cabeleireiro, depois de ouvir o que você quer, vai separar a quantidade de cabelo certa e cortá-la exatamente como pede a proposta – conhecimento que nós, meras mortais, não possuímos. Rs.

corte franja

(Gif/Reprodução)

5. É preciso manter as mãos longe dela
A testa já tende a ser uma área oleosa do nosso rosto – sim, esta oleosidade é transferida para a franja. Mexendo nela toda hora, você só aumenta as chances de piorar as coisas. Cuidado com a quantidade de produtos que você aplica também. Qualquer excesso, ainda que pequeno, pode pesar nos fios.

6. Dias de ~vida própria~ 
Franjinhas podem dar trabalho. Às vezes, elas acordam em pé, separadas, amassadas, para o lado errado… Aí já viu! Para arrumar, é necessário recorrer ao secador, ainda que rapidinho. De qualquer forma, caso você seja aquele tipo de garota que não gosta de perder alguns minutos de sono com cabelo, melhor pensar duas vezes antes de cortar a franja, ok?

cabelo cacheado franja bruna vieira

A youtuber Bruna Vieira não só entrou na transição capilar, como adotou a franja fofa! (Foto: Reprodução/Instagram)

7. O xampu seco será um aliado
Lembra que a gente falou que a franja em geral fica oleosa mais rápido que o resto do cabelo? Para não ter que lavá-lo toda vez que isso acontecer, aplique um xampu seco nela. Bônus: o produto dá uma texturinha linda aos fios.

8. Não quero mais. E agora?
Se você cansar da franja, é bom ter consciência de que ela vai demorar um pouco para crescer e chegar ao comprimento do cabelo. Nesse meio-tempo, invista no seu arsenal de presilhas, grampos e headbands. Essa é uma boa oportunidade de experimentar penteados diferentes!

E aí, preparada para encarar a tesoura?

Colaboração: Thais Varella e Bárbara Rossi

Quem deu as informações: Fabinho Araújo, cabeleireiro e sócio do Criar, Marcelo Brito, cabeleireiro do salão Studio Tez, e Rodrigo Cintra, cabeleireiro do salão Studio W Iguatemi.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Nicolle Praciano

    Na questão do secador às vezes nem precisa, eu por exemplo, lavo meu cabelo normal, esfrego a franj, saio, seco um pouco pra não pingar e penteio o cabelo pra trás e boto logo a franja na testa, ela seca mais rápido e fica logo onde voce Quer que fique

    Curtir